Resultados V Troféu Estrelas Seia 2018 - Seia

Resultados V Troféu Estrelas Seia 2018 - Seia

A localidade de Seia volta a ser palco este fim de semana de mais um evento desportivo...

Final Das Regiões 2018 - Rescaldo Da Prova Da Equipa PentaControl

Final Das Regiões 2018 - Rescaldo Da Prova Da Equipa PentaControl

Realizou-se este fim de semana a nona edição da Final das Regiões, um evento que junta pilotos...

Resultados Final Regiões 2018 - Alqueidão

Resultados Final Regiões 2018 - Alqueidão

Numa altura do ano em que todos os Campeonatos oficiais de Mx estão já concluídos chega o momento...

Resultados Regional Mx Ribatejo 2018 - Torres Vedras

Resultados Regional Mx Ribatejo 2018 - Torres Vedras

Finalmente a Pista Eco Parque da Serra de S. Julião, situada bem próximo de Torres Vedras, terá a...

Final Das Regiões 2018 - Equipa PentaControl Que Tentará Obter O Penta

Final Das Regiões 2018 - Equipa PentaControl Que Tentará Obter O Penta

Cada vez se encontra mais próxima a data para a realização da ansiada Final das Regiões,...

  • Resultados V Troféu Estrelas Seia 2018 - Seia

    Resultados V Troféu Estrelas Seia 2018 - Seia

    sábado, 17 novembro 2018 06:00
  • Final Das Regiões 2018 - Rescaldo Da Prova Da Equipa PentaControl

    Final Das Regiões 2018 - Rescaldo Da Prova Da Equipa PentaControl

    terça, 23 outubro 2018 13:18
  • Resultados Final Regiões 2018 - Alqueidão

    Resultados Final Regiões 2018 - Alqueidão

    sábado, 20 outubro 2018 13:00
  • Resultados Regional Mx Ribatejo 2018 - Torres Vedras

    Resultados Regional Mx Ribatejo 2018 - Torres Vedras

    sábado, 13 outubro 2018 07:00
  • Final Das Regiões 2018 - Equipa PentaControl Que Tentará Obter O Penta

    Final Das Regiões 2018 - Equipa PentaControl Que Tentará Obter O Penta

    terça, 02 outubro 2018 16:32
penta control.png

Apoios


















Próxima Prova

2019 01.01.2019 08:00 43 Dias

INFORMAÇÃO

Final Das Regiões 2018 - Rescaldo Da Prova Da Equipa PentaControl

Apesar da ameaça das núvens que foram pairando ao longo dia, a localidade de Alqueidão pode assistir a um excelente espetáculo de Mx e a muitas lutas pelas melhores posições. A equipa do Mx Ribatejo partia como principal favorita à vitória não só por correr em casa mas também porque se apresentavam muito bem representados com o atual Campeão Nacional Mx2 e Mx2 Júnior, o atual Campeão Nacional 2 Tempos e mais dois pilotos que já obtiveram titulos nacionais no passado. A defender o título obtido em 2017 a PentaControl tinha previsto apresentar um quarteto bastante equilibrado e capaz de lutar pelos melhores lugares no entanto nos dias antecedentes ao evento o azar começou a bater à porta conforme falamos de seguida.

 

APRESENTAÇÃO DAS EQUIPAS

alqueidao2 2018-apresentacao equipas

 

De facto atribulada é o mínimo que se pode dizer da edição 2018 da Final das Regiões no que diz respeito à equipa PentaControl. Depois de ter alguma dificuldade, por diversas razões, para definir os pilotos que a iriam representar, o azar bateu à porta na sexta feira anterior à prova com o Campeão da classe Elite e detentor do título individual deste evento único, João Barros, a ficar de fora ao não lhe ser entregue a moto a tempo e horas conforme o prometido para que pudesse participar na corrida. Todos os esforços começaram de imediato a serem desenvolvidos para tentar arranjar uma moto alternativa para o piloto no entanto, pelo facto de não lhe terem sido entregues as peças mais essenciais como as suspensões, os nervos apoderaram-se da sua comitiva não se sentindo assim à vontade e confiante para dar o seu melhor individualmente e em prol da equipa. Esgotada esta possibilidade a PentaControl fez diversos contatos em simulâneo a pilotos que participaram no seu Campeonato ao longo do ano e, entre vários indisponíveis por já terem situações marcadas ou outros por falta de moto, a PentaControl acabou por optar por aquele que desde a primeira hora se mostrou disponível para tentar ajudar, o piloto Joel Alves. A PentaControl faz no entanto questão de deixar aqui bem expresso um AGRADECIMENTO muito grande a todos aqueles que conosco tentaram arranjar moto alternativa para o nosso piloto, a todos os pilotos que contactamos a ver se estariam disponíveis assim como a todos os pilotos ou assistentes destes que, não tendo moto para participar, todos os esforços fizeram para obter autorização dos patrocinadores de modo a correrem numa moto diferente da sua. Contudo, dado o timing muito curto para se transmitir a decisão esta foi a melhor solução para que a PentaControl pudesse participar nesta competição não só individualmente mas também coletivamente.

 

Falando do evento em si, resolvida a questão dos pilotos, era o momento de dar início às hostilidades com a realização dos treinos livres. E como um azar nunca vem só a sorte voltou a ser madrasta já que André Martins, outro dos nossos trunfos, via um problema na sua moto em pleno ar, ainda na primeira volta, bloquear completamente o que o fez cair aparatosamente. Apesar da vontade em continuar o piloto foi aconselhado a não o fazer no dia de sábado em virtude de se encontrar bastante tonto da cabeça e combalido da mão. No entanto o seu trabalho não terminou por aqui pois foi obrigado a desmontar por completo a moto de modo a trocar as peças danificadas por forma a conseguir ainda ajudar a equipa no dia de domingo. Quanto aos restantes pilotos José Montero era o mais rápido ao obter o décimo posto em termos gerais aproveitando algum do conhecimento que tinha da pista para rolar rápido e próximo dos melhores lugares. A ambientar-se ainda à pista andava Gerson Pinto que não ia além do décimo sétimo posto procurando acima de tudo ver quais as melhores trajetórias para melhorar no dia de domingo. Por fim Joel Alves dava o seu melhor num circuito do qual tem algum conhecimento acabando por ser o vigésimo terceiro colocado.

 

GERSON PINTO EM AÇÃO

alqueidao2 2018-14 1                              alqueidao2 2018-14 2

 

O dia de domingo começou com nova sessão de treinos para os pilotos participantes às Regiões, desta feita os treinos cronometrados, apresentando-se a equipa completa e motivada para dar o melhor e obter postos de relevo. Apesar das evidentes dificuldades físicas André Martins mostrou o porquê de ter sido um dos escolhidos pela PentaControl ao obter o sexto tempo geral logo atrás dos quatro representantes do Ribatejo e do melhor Açoriano. Um pouco mais atrás, em décimo primeiro e décimo segundo surgiam José Montero e Gerson Pinto com tempos muitos semelhantes e não muito distantes dos lugares acima de si, abrindo boas perspetivas para as corridas. Joel Alves voltava a dar o seu máximo em busca do melhor resultado coletivo acabando por obter o vigésimo quinto lugar desta sessão de treinos.

 

JOSÉ MONTERO EM AÇÃO E PREPARADO PARA UM DOS ARRANQUES

alqueidao2 2018-191 1                              alqueidao2 2018-191 2

 

Terminados os treinos chegavam as ansiadas mangas de prova, três no total com a duração de 20 minutos mais duas voltas. Assim que a grelha de partida baixou dois dos recrutas da PentaControl colocavam-se nas primeiras posições à chegada da primeira curva, no entanto a saída desta não foi das melhores e deixava-os a todos no meio do pelotão. Com um grande espírito de sacrifício André Martins aplicava-se ao máximo e surgia em quatro na primeira volta, posição aliás que manteve confortavelmente até à terceira volta momento em que o azar voltou a aparecer furando a roda da sua mota o que dificultava bastante a tarefa em conjunto com as dores sentidas. Com tudo isto o piloto acabou por abandonar a corrida, deixando os restantes companheiros de equipa entregues às lutas que iam travando cabendo a Gerson Pinto a melhor prestação ao ser o oitavo colocado da prova, posto que conseguiu atingir sensivelmente a meio da corrida após algumas recuperações terminando de forma confortável esta primeira manga. Mais dificuldade sentiu José Montero que ao não ter um grande arranque se via muito atrasado na primeira volta ao circuito. Obrigado a recuperar muitos postos, a dificuldade foi aumentando pois a lama foi-se acumulando nos seus óculos obrigando-o a retirar os mesmos e continuar ainda assim a lutar por subir na classificação atingindo o nono posto em que terminaria quando estavamos a quatro voltas do final. Também a ter algumas variações na tabela classificativa ao longo da prova Joel Alves acabaria por ser o vigésimo colocado em termos globais e décimo sexto em termos de regiões. Terminada a primeira manga, e apesar de todos os azares, a PentaControl conseguia ainda assim ocupar o último lugar do pódio coletivo, mas com boas perspetivas de poder subir caso o azar não voltasse a bater às nossas portas nas restantes duas mangas do dia.

 

ANDRÉ MARTINS EM AÇÃO E ASPETO FINAL DA MÃO

alqueidao2 2018-80 2                              alqueidao2 2018-80 1

 

Dada a ordem de arranque para a segunda manga o inicio não foi nada bom para os nossos pilotos. Chegando à primeira curva no meio do pelotão, as escaramuças comuns da primeira curva levaram os jovens da PentaControl para os últimos postos da corrida obrigando a grandes recuperações até ao final. Começando por André Martins, o melhor colocado ao ser oitavo classificado, o início na cauda do pelotão deitava por terras as esperanças de lutar pelos lugares do pódio com os melhores posicionados face à dificuldade de ultrapassar os pilotos com a lama acumulada no circuito, tendo ainda procurado subir a sétimo na última volta mas já não foi a tempo. Apesar de tudo, e após alguns altos e baixos, o piloto da Suzuki seria então o oitavo sendo logo seguido de perto por José Montero que ainda foi durante algum tempo o melhor representante da turma nortenha. Depois de rodar algumas voltas a lutar para subir a sexto, Montero acabou por se fixar no nono lugar em que terminaria rodando grande parte do tempo junto a Martins sem nunca o ter conseguido passar. Mais trabalhosa foi a recuperação de Gerson Pinto que saía de último na primeira curva encetando desde logo uma grande recuperação que o levaria até ao décimo posto mas já com uma volta de atraso face aos líderes da prova. Joel Alves voltava a ser o quarto colocado do plantel registado a vigésima posição em termos coletivos depois de ser obrigado a parar durante algum tempo na zona de assistência. Em termos gerais a PentaControl conseguia reforçar um pouco o último lugar do pódio aproveitando alguns percalços sentidos pelos mais diretos adversários.

 

 

JOEL ALVES EM AÇÃO

alqueidao2 2018-854 1                    alqueidao2 2018-854 2

 

No início para a terceira manga a PentaControl arrancava com o grande objetivo de manter o terceiro posto coletivo e esta foi mesmo a manga com o melhor arranque. Dentro dos primeiros colocados à saida da primeira curva André Martins e Gerson Pinto aproveitavam para se manter à parte da confusão inicial e à passagem pela meta na primeira volta eram quarto e nono respetivamente. Apesar das dificuldades cada vez maiores ao rolar com a mão do acelerador bastante inchada André Martins conseguiu manter-se estável ao longo de toda a prova e aguentou os ataques lançados pelo mais direto perseguidor para concluir no mesmo quarto posto em que rodou todo o tempo, ao passo que Gerson Pinto perdia alguns lugares no decorrer da primeira volta para acaber por ser o nono mas completamente colado ao oitavo classificado. Um pouco diferente foi a prestação de José Montero que voltava a não ter dos melhores arranques e do décimo terceiro posto em que rodava na primeira volta conseguia colar-se ao colega de equipa para ser o décimo classificado desta última manga do dia. Dando o seu melhor ao longo de todo o dia em prol da equipa Joel Alves terminaria esta corrida na vigésima posição o que se mostrou suficiente para atingir os objetivos de todo o Team.

 

PODIO

alqueidao2 2018-podio

 

Feitas as contas finais a PentaControl amealhava assim o terceiro e último lugar do pódio atrás da super favorita formação do Mx Ribatejo e da turma Açoriana. Apesar de não ser o resultado desejado, tendo em conta todos os contratempos que a PentaControl sofreu nas horas antecedentes ao evento, consideramos que foi um resultado muito positivo. Tal só foi possível graças ao esforço do nosso quarteto de guerreiros, André Martins que participou muito limitado fisicamente mas nunca desistiu, Gerson Pinto que surgia pela primeira vez num circuito de Nacional e com pilotos que fazem o Nacional regularmente, José Montero que voltou a demonstrar a sua garra e resistência mesmo andando muito tempo sem óculos num circuito cheio de lama e, por fim mas não menos importante, Joel Alves que foi chamado à última da hora mas que sempre se mostrou disponível para ajudar apesar de não ser dos mais rápidos em pista.

 

Para terminar gostávamos também de dar os parabéns às restantes formações presentes e aos demais pilotos individuais que deram o seu contributo ao espetáculo, mais especialmente a André Guimarães, Firmino Salazar, Miguel Fernandes e Paulo Fernandes pelas suas prestações em representação do Troféu Norte e a Diogo Monteiro que participou individualmente, todos eles pilotos que ao longo do ano também participaram no nosso Campeonato Regional.

 

2019 está já à porta e caberá à Ilha da Madeira acolher a Final das Regiões. Como habitual a PentaControl procurará participar com o intuito de vencer e assim aumentar o fosso face às demais formações e tornar-se a primeira equipa a vencer fora de portas. Até lá, bons treinos a todos.