Resultados Nacional Mx 2018 - Moçarria

Resultados Nacional Mx 2018 - Moçarria

Este fim de semana o Nacional Mx regressa às pistas ribatejanas, mais concretamente à Pista da...

Resultados Regional PentaControl Mx / Nacional Infantis A + B Mx - S. João Pesqueira

Resultados Regional PentaControl Mx / Nacional Infantis A + B Mx - S. João Pesqueira

Depois do grande início registado em Lustosa chega agora a vez da localidade de S. João da...

Horários Para S. João Da Pesqueira - Regional PentaControl Mx + Nacional Infantis A / B Mx

Horários Para S. João Da Pesqueira - Regional PentaControl Mx + Nacional Infantis A / B Mx

A segunda prova do Campeonato Regional PentaControl encontra-se já à porta com a visita neste...

Reportagem Regional PentaControl Feminina Mx Lustosa 2018 - Filipa Leite Fica Na História Como A Primeira Vencedora Nesta Classe

Reportagem Regional PentaControl Feminina Mx Lustosa 2018 - Filipa Leite Fica Na História Como A Primeira Vencedora Nesta Classe

Concluimos hoje o rescaldo e os destaques da primeira prova do Regional PentaControl Mx falando...

Reportagem Regional PentaControl Elite/Pró Mx Lustosa 2018 - Daniel Pinto Mata Saudades Com Vitória Em Elite, Pedro Carvalho Domina Geral

Reportagem Regional PentaControl Elite/Pró Mx Lustosa 2018 - Daniel Pinto Mata Saudades Com Vitória Em Elite, Pedro Carvalho Domina Geral

Foi no passado dia 1 de Maio que, finalmente, o Crossódromo da Quinta da Azenha viu a sua...

  • Resultados Nacional Mx 2018 - Moçarria

    Resultados Nacional Mx 2018 - Moçarria

    domingo, 20 maio 2018 07:00
  • Resultados Regional PentaControl Mx / Nacional Infantis A + B Mx - S. João Pesqueira

    Resultados Regional PentaControl Mx / Nacional Infantis A + B Mx - S. João Pesqueira

    domingo, 13 maio 2018 08:00
  • Horários Para S. João Da Pesqueira - Regional PentaControl Mx + Nacional Infantis A / B Mx

    Horários Para S. João Da Pesqueira - Regional PentaControl Mx + Nacional Infantis A / B Mx

    sexta, 11 maio 2018 00:00
  • Reportagem Regional PentaControl Feminina Mx Lustosa 2018 - Filipa Leite Fica Na História Como A Primeira Vencedora Nesta Classe

    Reportagem Regional PentaControl Feminina Mx Lustosa 2018 - Filipa Leite Fica Na História Como A...

    quinta, 10 maio 2018 14:30
  • Reportagem Regional PentaControl Elite/Pró Mx Lustosa 2018 - Daniel Pinto Mata Saudades Com Vitória Em Elite, Pedro Carvalho Domina Geral

    Reportagem Regional PentaControl Elite/Pró Mx Lustosa 2018 - Daniel Pinto Mata Saudades Com...

    quarta, 09 maio 2018 10:30
penta control.png

Apoios


















Próxima Prova

Fernão Joanes 26.05.2018 08:00 -1 Dias

INFORMAÇÃO

Reportagem Regional PentaControl Elite/Pró Mx Lustosa 2018 - Daniel Pinto Mata Saudades Com Vitória Em Elite, Pedro Carvalho Domina Geral

Com uma afluência bastante promissora face ao que ainda resta até ao final da temporada, vinte e sete pilotos no total repartidos por vinte e quatro na classe Elite e três na Pró, foi com agrado que se deu início ao Regional PentaControl Mx num dia em que o sol apareceu para abrilhantar ainda mais o espetáculo. Da lista dos presentes alguns destaques como era o caso de Pedro Carvalho que aproveitava a paragem do Nacional Mx para treinar ou mesmo de Daniel Pinto que fazia assim um regresso ao Mx para matar saudades da modalidade e do circuito que muitas alegrias lhe trouxe no passado. Para além destes não esquecer os animadores do ano anterior como era o caso de João Barros, campeão em título e grande dominador de 2017 ou Francisco Salgado que foi o seu principal oponente, entre outros.

 

À semelhança das outras classes e dos anos anteriores estes pilotos tiveram direito a duas sessões de treinos da parte da manhã repartidas em Livres e Cronometradas que seriam aquelas que ditariam a ordem de entrada para a grelha. Desde cedo foi possível aperceber que os mais rápidos eram Pedro Carvalho, de forma bastante destacada, e Daniel Pinto que se mostrava bastante à vontade no Complexo Voltas & Rodas. No entanto pelos postos seguintes as diferenças eram bem mais reduzidas e nos treinos cronometrados, se para os dois primeiros não houve concorrência, o terceiro posto esteve animado com João Barros a levar a melhor sobre Francisco Salgado por uma escassa diferença de oitenta e três milésimas de segundo. Firmino Salazar concluiria o top 5, mas também ele pressionado pelo tempo obtido por André Almeida cujo registo não excedeu em um segundo o do seu oponente.

 

No arranque para a primeira manga o mais rápido a atingir a primeira curva era Francisco Salgado mas coube a Pedro Carvalho o holeshot ao sair em primeiro da mesma. No entanto esta liderança durou pouco tempo pois o piloto da Honda cometeu um erro que lhe fez perder alguns segundos e desta forma o comando das operações ficou entregue a João Barros, também ele autor de um bom arranque, embora muito pressionado por Daniel Pinto e Salgado. Quanto a Carvalho era apenas quinto na passagem pela linha de meta sendo assim obrigado a recuperar tempo e posições, acabando por ascender à liderança no decorrer da quarta volta por troca com Pinto, ele que na volta anterior também se tinha conseguido superiorizar a Barros. A partir deste momento Carvalho deixou os seus oponentes para trás ganhando segundos volta atrás de volta para terminar de forma isolada esta primeira corrida do dia, relegando as atenções para as posições seguintes. De facto Daniel Pinto, João Barros e Francisco Salgado nunca baixaram os braços procurando sempre ultrapassarem-se uns aos outros mas tal acabou por nunca vir a acontecer cabendo assim ao piloto da Kawasaki o segundo posto com uma pequena vantagem que amealhou nas últimas voltas ao circuito sobre João Barros, ao passo que este piloto da KTM deixou atrás de si o rival da Honda Francisco Salgado. Quem também se está a mostrar em boa forma neste início de 2018 é Firmino Salazar que, depois das boas prestações realizadas no Nacional Mx, veio até Lustosa para ser o quinto colocado na primeira manga, posição que ocupou desde a quarta volta quando deixou para trás o "visitante" João Barcelos, nunca mais sendo incomodado por qualquer um dos seus adversários. Bem mais esforçada foi a corrida de Gerson Pinto já que o piloto da Yamaha saiu da grelha de partida no meio do pelotão o que o fez perder bastante tempo nas voltas inaugurais obrigando-o a trabalho redobrado para atingir os melhores lugares. Mesmo assim a sexta posição foi sua depois de ultrapassar João Barcelos na última volta, piloto este que fazia aqui o seu regresso às pistas após um período sabático para se dedicar aos estudos. A falta de ritmo deste piloto foi notória pois apesar do bom arranque realizado não conseguiu acompanhar os pilotos da frente sendo desta maneira somente sétimo, acabando ainda assim por ser beneficiado com um erro de André Almeida que rodou grande parte do tempo à sua frente, mas que a duas voltas do final perdeu tempo para a concorrência. Muito consistente ao longo da prova e como referido anteriormente Almeida preparava-se para ser sexto até que cometeu um erro que lhe custou caro não indo além do oitavo posto, levando a melhor sobre um grupo de pilotos que durante todo o tempo de prova foram trocando de posição e de onde sobressaiu o regressado Miguel Fernandes, um piloto que no passado já ocupou os lugares cimeiros desta classe e que, aqui, se viu muito prejudicado por ter sido dos últimos a cumprir a primeira volta à pista após um mau início. Igualmente de visita a este Campeonato esteve Rodrigo Belchior para ser décimo classificado, posição que ocupou somente na última volta ao ser suplantado por Fernandes e depois de ter feito uma boa recuperação fruto de mau arranque.

 

No que à vitória diz respeito a história da segunda volta depressa ficou escrita pois Pedro Carvalho foi quem melhor arrancou assim que a grelha de partida baixou e rumou a um triunfo tranquilo e incontestável tendo a diferença para o segundo classficado sido superior a um minuto. No entanto para o segundo posto já existiu mais incerteza pois, apesar de não terem existido quaisquer trocas de posto, Daniel Pinto e João Barros rodaram sempre juntos na busca da melhor posição e à espera que qualquer um cometesse um erro que pudessem capitalizar. Tal nunca aconteceu e a tabela ficou assim definida com Pinto em segundo e Barros em terceiro, ao passado que Francisco Salgado não conseguia ir além da quarta posição já um pouco afastado. De facto o piloto da Honda teve alguma dificuldade para se desenvencilhar de João Barcelos que, uma vez mais, realizou um excelente arranque, e demonstrou que com mais treinos estaria pronto para lutar pelos lugares do pódio. No entanto o piloto da KTM acabou por sucumbir aos ataques do oponente à quinta volta, altura em que Salgado já se encontrava demasiado afastado da concorrência para sonhar ainda chegar mais adiante. No que a Barcelos diz respeito ainda não foi nessa altura que pôde descansar pois na sua peugada vinha igualmente Gerson Pinto que conseguiria também subir a quinto apenas duas voltas depois de Salgado ter subido na classificação, começando desde logo a criar um fosso sobre o seu adversário que o mantinha a salvo de qualquer contrariedade ou ataque que surgisse. Posto isto Barcelos acabaria por se fixar em sexto definitivamente a meio da prova, mas nunca teve oportunidade de relaxar pois Firmino Salazar também vinha com o intuito de subir ainda mais na tabela, mas apesar das várias tentativas que foi lançando para se superiorizar tal nunca aconteceu o que fez com que fosse somente sétimo colocado. Regularidade e consistência foi a palavra de ordem para Rui Ribeiro pois apesar de andar envolvido em várias contendas ao longo da prova chamou a si em todas as voltas a oitava posição em que terminaria no final da manga, deixando o Campeão da classe Promoção de 2017, Max Ferraz, no posto imediatamente a seguir. Ultrapassados os azares da primeira manga em que rodou na cauda da tabela nas primeiras voltas devido a queda, Ferraz desta feita conseguiu ter um melhor arranque e rodou sempre junto com os seus oponentes sem oscilar muito na classificação. O nono lugar foi seu nesta segunda manga, relegando Paulo Lopes para o encerramento do top 10 depois de ser forçado a algum esforço adicional fruto de mau inicio, recuperando várias posições e acabando por se instalar em décimo já na última volta ao passar Rodolfo Castro.

 

Quanto à última corrida do dia nada de novo a dizer quanto ao comandante pois Pedro Carvalho desde cedo se instalou em primeiro para nunca mais ser incomodado por quem o perseguia, sendo tal a diferença de andamento que a melhor volta deste piloto foi inferior em mais de seis segundos do segundo melhor registo ao traçado nortenho. Com isto a emoção voltava a centrar-se nos lugares seguintes já que Francisco Salgado era segundo inicialmente mas muito pressionado por João Barros e Daniel Pinto. Nada interessado em ficar para trás Pinto começou a atacar os seus oponentes e, após passar Barros na segunda volta, fez o mesmo a Salgado na terceira para a partir desse momento não existir mais nenhuma troca de lugares entre eles. Apesar de tudo ninguém desistia pois o erro podia acontecer por qualquer um dos três e no final menos de sete segundos separavam o segundo, terceiro e quarto lugares ocupados por Daniel Pinto, Francisco Salgado e João Barros respetivamente. Um pouco mais à vontade andou Gerson Pinto que foi o quinto colocado desde a primeira à última volta, aproveitando da melhor maneira o avanço que amealhou sobre os perseguidores para encarar as últimas voltas de forma completamente tranquila e isentas de erros. Firmino Salazar, Max Ferraz, Paulo Lopes, Miguel Fernandes, Rui Ribeiro, Luis Rodrigues, João Barcelos e João Pinto trouxeram outra emoção a esta terceira manga ao envolverem-se em bonitas lutas que levavam a constantes trocas de posição e mantinham a incerteza no ar. Barcelos foi mesmo quem melhor se foi saindo inicialmente ao ser sexto durante mais de metade da prova, no entanto a falta de treino fez-se sentir e, de um momento para o outro, viu os seus oponentes passarem e assim cair na tabela classificativa. Quem mais perto se encontrava para capitalizar esta quebra era Firmino Salazar que mesmo tendo descido alguns lugares ao longo da prova, não baixou os braços e recuperou os mesmos para se instalar em sexto a quatro voltas do final, trazendo igualmente atrás de si Max Ferraz. Apesar de ser o primeiro ano na classe Elite o piloto da KTM começa já a dar um ar da sua graça ao envolver-se nas guerras de pilotos habitués desta classe o que poderá ser um bom augúrio para o futuro. Ferraz seria assim o sétimo classificado adiante de Paulo Lopes e Miguel Fernandes que de tudo fizeram para chegarem mais adiante apesar de não conseguirem. A encerrar o top 10 acabaria por ficar Rui Ribeiro, ele que teve uma pequena quebra de ritmo face aos oponentes fazendo-o assim perder tempo precioso que não mais foi capaz de recuperar.

 

Concluídas as três corridas do dia era o momento da consagração dos vencedores e foi sem surpresa que se viu Pedro Carvalho ocupar o lugar mais alto do pódio na classe Pró, sendo ladeado por dois visitantes do país vizinho e de nomes Francisco Jorge e Alberto Figueroa. Quanto à classe Elite Daniel Pinto foi o grande vencedor adiante de João Barros e Francisco Salgado, pilotos que certamente continuarão a animar as próximas corridas. Em termos de Campeonato, tendo em conta que os pilotos Hobby não contam no mesmo, João Barros é o atual líder mas Francisco Salgado está somente três pontos atrás e Gerson Pinto é o terceiro colocado a catorze. No Campeonato recém criado de equipas a Live To Ride é atualmente a comandante trazendo atrás de si a Xavimoto CCGraphics Racing Team e a GP Motors.

 

Depois de mais uma grande prova de Mx chegou o momento de retemperar as forças e preparar tudo para o próximo evento que se realizará já no próximo fim de semana em S. João da Pesqueira, um traçado que oferece sempre muito espetáculo e lutas a todo o público que aí se desloque e que decerto não ficará defraudado. Não perca mais essa grande corrida.

 

ELITE

               Daniel Pinto - 1º Lugar                                    João Barros - 2º Lugar                                Francisco Salgado - 3º Lugar

lustosa1 2018-elite 259 1    lustosa1 2018-elite 89 1    lustosa1 2018-elite 248 1

               Gerson Pinto - 4º Lugar                                  Firmino Salazar - 5º Lugar                               João Barcelos - 6º Lugar

lustosa1 2018-elite 14 1    lustosa1 2018-elite 88 1    lustosa1 2018-elite 269 1

                Rui Ribeiro - 7º Lugar                                     Paulo Lopes - 8º Lugar                                      Max Ferraz - 9º Lugar

lustosa1 2018-elite 245 1     lustosa1 2018-elite 181 1     lustosa1 2018-elite 300 1

                 João Pinto - 10º Lugar                                Rodolfo Castro - 11º Lugar                            Miguel Fernandes - 12º Lugar                           

lustosa1 2018-elite 186 1     lustosa1 2018-elite 19 1     lustosa1 2018-elite 517 1

            Luis Rodrigues - 13º Lugar                             Daniel Nogueira - 14º Lugar                           Paulo Rodrigues - 15º Lugar       

lustosa1 2018-elite 836 1     lustosa1 2018-elite 978 1     lustosa1 2018-elite 285 1

           Rodrigo Belchior - 16º Lugar                           André Almeida - 17º Lugar                              Tiago Monteiro - 18º Lugar   

lustosa1 2018-elite 171 1     lustosa1 2018-elite 551 1     lustosa1 2018-elite 546 1

            Diogo Monteiro - 19º Lugar                               Filipa Leite - 20º Lugar                                Francisco Pacheco - 21º Lugar   

lustosa1 2018-elite 601 1     lustosa1 2018-elite 242 1     lustosa1 2018-elite 73 1

             Samuel Amaral - 22º Lugar                        Hélio Santos - Sem Classificação                     Ana Alves - Sem Classificação   

lustosa1 2018-elite 294 1     lustosa1 2018-elite 112 1     lustosa1 2018-elite 303 1

PRÓ

             Pedro Carvalho - 1º Lugar                               Francisco Jorge - 2º Lugar                              Alberto Figueroa - 3º Lugar   

lustosa1 2018-pro 18 1     lustosa1 2018-pro 317 1     lustosa1 2018-pro 711 1