Resultados V Troféu Estrelas Seia 2018 - Seia

Resultados V Troféu Estrelas Seia 2018 - Seia

A localidade de Seia volta a ser palco este fim de semana de mais um evento desportivo...

Final Das Regiões 2018 - Rescaldo Da Prova Da Equipa PentaControl

Final Das Regiões 2018 - Rescaldo Da Prova Da Equipa PentaControl

Realizou-se este fim de semana a nona edição da Final das Regiões, um evento que junta pilotos...

Resultados Final Regiões 2018 - Alqueidão

Resultados Final Regiões 2018 - Alqueidão

Numa altura do ano em que todos os Campeonatos oficiais de Mx estão já concluídos chega o momento...

Resultados Regional Mx Ribatejo 2018 - Torres Vedras

Resultados Regional Mx Ribatejo 2018 - Torres Vedras

Finalmente a Pista Eco Parque da Serra de S. Julião, situada bem próximo de Torres Vedras, terá a...

Final Das Regiões 2018 - Equipa PentaControl Que Tentará Obter O Penta

Final Das Regiões 2018 - Equipa PentaControl Que Tentará Obter O Penta

Cada vez se encontra mais próxima a data para a realização da ansiada Final das Regiões,...

  • Resultados V Troféu Estrelas Seia 2018 - Seia

    Resultados V Troféu Estrelas Seia 2018 - Seia

    sábado, 17 novembro 2018 06:00
  • Final Das Regiões 2018 - Rescaldo Da Prova Da Equipa PentaControl

    Final Das Regiões 2018 - Rescaldo Da Prova Da Equipa PentaControl

    terça, 23 outubro 2018 13:18
  • Resultados Final Regiões 2018 - Alqueidão

    Resultados Final Regiões 2018 - Alqueidão

    sábado, 20 outubro 2018 13:00
  • Resultados Regional Mx Ribatejo 2018 - Torres Vedras

    Resultados Regional Mx Ribatejo 2018 - Torres Vedras

    sábado, 13 outubro 2018 07:00
  • Final Das Regiões 2018 - Equipa PentaControl Que Tentará Obter O Penta

    Final Das Regiões 2018 - Equipa PentaControl Que Tentará Obter O Penta

    terça, 02 outubro 2018 16:32
penta control.png

Apoios


















Próxima Prova

2019 01.01.2019 08:00 21 Dias

INFORMAÇÃO

Reportagem Carrazeda Ansiães 2017 Nacional Infantis B - Sandro Lobo Vence E Mantém Esperanças No Título

Nove pilotos deslocaram-se até à zona nordeste do país para lutarem na penúltima ronda de 2017 do Nacional Infantis B num dos melhores circuitos portugueses que se manteve ausente durante muito tempo mas que felizmente em 2016 fez o seu regresso ao calendário nacional. Num dia em que o sol apareceu a brilhar e o calor foi uma constante as lutas ao longo do dia mantiveram todo o público em suspense sobre o resultado final o que fará antever um grande encerramento no final do mês.

 

Realizadas as necessárias verificações técnicas e documentais tudo se aprontava para dar início às sessões de treinos livres desta classe. Apesar das mesmas não terem valor em termos pontuais ou de acesso à grelha, as mesmas são primordiais para os pilotos tomarem conhecimento do traçado e delinearem as melhores trajetórias e estratégias para as duas mangas da tarde, cabendo sempre a melhor prestação ao lider do Campeonato Martim Espinho logo seguido de muito perto pelo seu principal adversário Sandro Lobo.

 

Assim que caiu a grelha de partida para a primeira manga Martim Espinho lançou-se ao comando das operações trazendo atrás de si Igor Amorim e Sandro Lobo. Apesar do bom arranque ainda na primeira volta Amorim era ultrapassado pelo seu perseguidor e começava a perder tempo para os dois da frente que animavam todos os presentes com o andamento endiabrado que apresentavam. Por diversas vezes Lobo parecia estar preparado para ultrapassar o oponente rodando praticamente lado a lado na reta do arranque, no entanto coube sempre a Espinho o comando ao passar a linha da meta até que foi mostrada a bandeira de xadrez o que ditava assim mais uma triunfo na frente do persistente Lobo. Como referido antes Amorim não teve ritmo para acompanhar os líderes pelo que imprimiu um andamento muito consistente que o mantinham a salvo de qualquer contrariedade até que, na última volta, muito tempo perdido fizeram com que Martim Palma se aproximasse perigosamente embora sem conseguir ultrapassar. Depois de uma corrida solitária Palma seria somente o quarto colocado na frente de um trio que rodava próximo e sempre disposto a subir na classificação. Depois de ser o quinto inicialmente Tomás Santos sofreu um contratempo na terceira volta que o fizeram perder algum tempo sendo suplantado por Rúben Ribeiro e Guilherme Esteves que seguiam no seu encalço e conseguiam assim subir a quinto e sexto respetivamente no final, tendo Santos que se contentar somente com a sétima marca. Mais atrás seguiam as duas Kawasaki presentes em pista com vantagem para Nuno Cunha relativamente a Rodrigo Barros, eles que incapazes de acompanhar os mais rápidos optaram por imprimir uma toada consistente e isenta de erros que lhes permitia atingir o final da prova e assim amealhar pontos importantes para o Campeonato.

 

No arranque para a segunda manga quem voltava a ter o melhor início era Martim Espinho que aproveitava para liderar na primeira volta com a companhia, sempre constante ao longo do fim de semana, por parte de Sandro Lobo. Contudo desta feita a história ficou sentenciada logo na segunda volta com Espinho a sofrer uma queda que o fazia perder bastante tempo e lugares face aos adversários, entregando desta forma a liderança e o triunfo final a Sandro Lobo que limitou-se a cimentar e controlar a vantagem trazida sobre a demais concorrência. Após a queda Espinho ainda chegou a cair para quarto mas a meio da corrida já conseguia surgir no segundo posto em que terminaria na frente de Igor Amorim que desta vez não tinha dos melhores inícios e era somente quarto na segunda volta. No entanto a pressão exercida pelos dois pilotos referidos anteriormente levaram a que Martim Palma, segundo à segunda volta, claudica-se e não fosse além da quarta posição conforme obtido na manga inaugural, mas agora na frente de Tomás Santos que conseguiu levar a melhor sobre um duo com quem rolou sempre junto e onde as trocas de posição se repetiram. De facto somente a meio da prova é que Santos subiu definitivamente a quinto por troca com Rúben Ribeiro que acabaria ainda por perder novo posto para Guilherme Esteves quando estavamos a duas voltas do término. Deste modo Esteves seria sexto, Ríbeiro sétimo e os restantes lugares da tabela seriam Nuno Cunha e Rodrigo Barros que repetiam as prestações da primeira manga.

 

Terminado o dia Sandro Lobo ocuparia o lugar mais alto do pódio em igualdade pontual com Martim Espinho, relegando Igor Amorim para o terceiro posto em detrimento de Martim Palma e Tomás Santos que seriam quarto e quinto. Em termos de Campeonato no Nacional Espinho manteve vinte e seis pontos de avanço sobre Lobo que tem igual vantagem sobre o terceiro colocado Igor Amorim. Em termos regionais as posições são idênticas embora somente quinze pontos separem o primeiro do terceiro o que deixa tudo em aberto para a última prova.

 

Concluído mais um grande dia de Mx chega a hora de preparar da melhor forma a última prova do ano que se realizará no final do mês em Tarouca numa pista a estrear e onde a espetativa é grande. Não percam.

 

 

          1º Classificado - Sandro Lobo                     2º Classificado - Martim Espinho                     3º Classificado - Igor Amorim

carrazeda1 2017-ifb 11 1    carrazeda1 2017-ifb 32 1    carrazeda1 2017-ifb 125 1